Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Tua língua



Tua língua toca minha alma
és o poço das galáxias longínquas
e vejo a lua lindo, cheia, radiante
no céu da tua boca
eu já era a Torre Eiffel
e em meu coração mais batia a vida
Eu te entumesço o rosto
lambuzo teus lábios rubros
enterro-te minha lâmina
no mormaço da tua língua faminta
cresço-me, enrijeço-me, teso
pau madeira-de-lei
acossado pela tua carícia
ah! a tua gula pulsa minha
nos meneios de veludo do teu toque
todos os truques para me capturar
eu e meu míssil dominado
Rara e feita me engole
debruçada sobre o meu cajado
como se fosse a melhor comida
o pico do Aconcágua em transe
buscando a ejaculação constante do meu Etna
com teu faro que desembaínha meus grunhidos
e levita só assim desfalecido
me devolves a vitalidade




Luiz Alberto Machado

6 comentários:

Darukian, O Ceifador de Orgasmos disse...

In suma, foda!!! Gozei, digo, gostei!

'Lara Mello disse...

Achei uma delícia! ^^

O Sussurrar do Corpo disse...

Um sussurro...

Sr. Wally disse...

Dar trabalho a língua a TudoDeBom!

LAMBE LÍNGUA

Lambe língua os grados lábios
da cona lisa que o corte encerra,
vasculha afundo o gosto sábio
E o mimo falo que rijo berra.


E languida, lancinante, liguaruda roça
A cava banhada de fina poça,
Deixando barulhosa citadina moça.
Então que se cumpra desejo fiel,
entre gritos e gemidos, atingir o céu do céu;
e findar, à boca, teu puro mel!

Em homenagem a CDA

As mais tesudas disse...

Que deliciosa fiquei de rola dura... Quer ????
Faça uma visitinha...
Eu te sigo já faz tempo e sempre passo aqui...
bjsss na sua xaninha...
http://asmaistesudasii.blogspot.com/
fabiotst2010@gmail.com

Simone butterfly disse...

Que delicia de post!