Páginas

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

DIA INTERNACIONAL DO SPANKING 08/08


Dizem que hoje é o dia do spanking.Pra quem não sabe o que é...
Spanking é o principal método para disciplina ou treinamento.
Nome utilizado na comunidade BDSM para o ato de bater principalmente na
região das nádegas.
O spanking visa o prazer mútuo e é uma forma de
potencializar o desejo.
O ato de bater para estimular sensualmente é
amplamente difundido e aceito, basta consultar o Kama Sutra.
No Brasil spanking engloba o ato de bater com as mãos, chicotes, varas, chinelos ou palmatórias.
Nos Estados Unidos e Europa há uma distinção em relação aos
instrumentos utilizados. Sendo assim, spanking é o termo usado para bater com as
mãos. Whipping é usado quando o instrumento de treinamento é o chicote. Canning
quando se faz o uso de varas e Paddling quando o instrumento é palmatória.
A maior parte das pessoas SM que gostam de punições corporais incluem o
spanking em suas atividades.
Uma cena de spanking começa com um jogo
real ou imaginário de punição por alguma falta ou ato cometido pelo submisso
(a), para treinamento próprio ou do escravo ou simplesmente para demonstração.
No contexto BDSM spanking é associado para aumentar a sensação de
vulnerabilidade física do parceiro.

DIFERENTES POSIÇÕES
Algumas posições interessantes para a prática do spanking:
1- NO COLO

O espancador está sentado ereto em uma cadeira sem braços. A
pessoa espancada deve deitar com o rosto virado para baixo no colo do
espancador, sua cabeça à esquerda e seus pés a direita. Deve estar de maneira
tal no colo do espancador que seu traseiro esteja acima da coxa direita do
espancador. A cabeça e o ombro devem estar virados para baixo e seus joelhos
dobrados e fora do caminho para que seu traseiro fique bem saliente. Pressionar
a mão na nuca da submissa e golpes aplicados em suas coxas ajudam o
posicionamento correto. Os joelhos devem estar separados pelo menos 15 cm e a
região inferior das costas deve estar arqueada para melhor empinar o traseiro.
As mãos podem estar no chão ou agarrando as pernas da cadeira. Se a mão direita
de debater muito durante o espancamento, deve ser contida pela mão esquerda do
Dominador e presa na região inferior das costas da submissa.
Antes do início do espancamento o Dominador deve puxar firmemente a submissa pela cintura para melhor posiciona la em seu colo. O cotovelo esquerdo deve ser colocado entre os ombros para impedir que a cabeça e o ombro se levantem. O espancador deve erguer ligeiramente seu joelho direito aumentando a elevação da pessoa a ser espancada.


2- NO JOELHO
Similar ao espancamento sobre o
colo exceto que a submissa se dobra por sobre o joelho esquerdo com suas pernas
contidas pela perna direita do Dominador. Este é o estilo escolar clássico para
posições de paddling. Com os joelhos e as costas retas, a submissa deve se
curvar e agarrar seus próprios tornozelos com ambas as mãos. Quem espanca pode
querer observar as mãos da submissa durante o paddling, para se assegurar que
estas não soltem os tornozelos, ato que lhe valeria golpes extras. O
espancador deve se assegurar que as duas nádegas sejam atingidas ao mesmo tempo. Esta é uma posição para submissas que possuam o corpo flexível.
3- MÃOS NOS JOELHOS

Uma posição mais trabalhável e mais segura que a
anterior. Quanto mais para cima das pernas a submissa apoiar suas mãos, mais ela
poderá arquear suas costas e empinar o traseiro. Os pés devem estar alinhados
pela distância dos ombros e a posição das mãos deve ser observada.


4- SOBRE UMA ESCRIVANINHA, NAS PONTAS DOS PÉS

A submissa deve se inclinar sobre
uma escrivaninha com o nariz e os peitos pressionados contra a superfície da
mesma. Mãos e braços devem ser colocados na mesa, acima de sua cabeça, para
provocar maior arqueamento das costas. Para maior elevação do traseiro ela deve
permanecer nas pontas dos pés. Golpes extras podem ser acrescidos à penalidade
para cada vez que os pés tocarem no chão.


5- SOBRE UM BANCO OU CAVALO DE
GINÁSIO

Nesta posição a submissa pode relaxar completamente. Ela deve colocar
todo o seu peso sobre o banco. Esta posição relaxada e confortável é própria
para longas sessões de spanking.


6- DEITADA NA CAMA

Esta é outra
posição confortável para longas sessões e diversões subsequentes. A submissa
deve deitar-se de bruços na cama. Seu rosto deve estar afundado no colchão
enquanto seus quadris e traseiro estão elevados por travesseiros. Já que
travesseiros são moles, podem ser necessários três ou quatro destes para atingir
a elevação necessária.


7- AJOELHADA NA CADEIRA
A submissa deve se
ajoelhar no assento de uma cadeira estofada, voltada para o encosto da mesma.
Suas coxas devem estar alinhadas verticalmente com o encosto e a região superior
do corpo deve se inclinar por sobre o mesmo. O arqueamento das costas é
fundamental.


PREVENÇÕES E PRECAUÇÕES
Para se fazer uma sessão de
spanking perfeita, por todo corpo, temos que estar constantemente atentos à
maneira, o local e a intensidade da pancada, ou seja, em cada parte do corpo a
ser espancada deve se usar um tipo específico de instrumento, com a força
adequada e muita atenção.
O Mestre deve começar com coisas bem simples e
ir aumentando aos poucos. Isso também se aplica a intensidade dos golpes.
Nem todo spankee tem a mesma resistência a dor e por isso deve se
começar suavemente, primeiro com golpes pequenos e depois ir aumentando a
intensidade conforme a tolerância.
Convém lembrar que é muito mais
satisfatória a tortura refinada do que um espancamento brutal.
Para Mestres iniciantes recomenda se que se inicie com tapas, chinelos ou palmatórias e, pouco a pouco, à medida que adquiram habilidade com esses, comecem a diminuir seu tamanho, trocando paulatinamente por outros.
O treinamento do uso de
chicotes ou varas pode ser praticado, como treinamento, em almofadas. Na
almofada deve ficar uma marca uniforme e não muito profunda nem larga, pois
quanto mais fino o instrumento de castigo, mais treinamento é preciso para o seu uso correto e mais perigosa é a sua utilização.
Spankers mais experientes
utilizam chinelos ao invés das mãos que, se usadas, podem ficar doloridas, mas é inegável o grande prazer proporcionado pelo toque violento da mão pesada do
spanker na nádega do spankee...
Se um material rígido provocar
ferimentos convém lavar bem com água e sabão e aplicar pomada anti-séptica e ou cicatrizantes.
Se houver formação de equimoses (roxo) ou hematomas
(sangue pisado), usar pomadas específicas.
Para evitar o aparecimento de
equimoses ou hematomas, após um spanking pesado, usar gelo sobre o local.
Para evitar ou minimizar o aparecimento de hematomas, algumas
providências podem ser tomadas:



  • Colocar um lençol cobrindo a área a
    ser espancada ou chicoteada


  • Manter o quarto em uma temperatura
    agradável, sem ficar muito aquecido.


  • Não bater em áreas que estejam
    amarradas .


  • Evitar bater no mesmo local inúmeras vezes


  • Concentrar as pancadas em locais bem “acolchoados”


  • Quanto maior a superfície do instrumento utilizado para o spanking, menor o risco de produzir hematoma.


  • Evitar o uso de aspirina ou qualquer antiinflamatório como
    Voltaren, Cataflan ou Inflamene horas antes do encontro


  • Clamps com superfície lisa, larga e não denteada produzem menos hematomas do que os dentados e muito finos


  • Hematomas causados por nós e cordas são
    evitáveis com a simples colocação por baixo das cordas daquelas munhequeiras que jogadores usam.


  • O uso de álcool e drogas aumenta a formação de
    hematomas


  • Uma boa alimentação, rica em vitamina C, pode reduzir o tempo
    de um hematoma.

Manter a área elevada


fonte
Fotos tiradas do googlezx=df7a2cfec1da9621

5 comentários:

SenhoraLúcifer disse...

Excelente post! Muito bom e como sempre perfeito.

Beijos sua linda.

Nos Amando... disse...

aff! cada nomes
rs e cada coisa
as vezes penso
que estou ultrapassada rs
linda noite bjs

SexyButterfly disse...

Jura que hoje é dia?
Vou ali avisar meu "Dono", DD..rss

beijos borboléticos!

Von disse...

Olá, lindona!
Conta comigo para sexo puro e duro, agora para ser espancado como a boazona da foto, é que não...sou demasiado sensivel à dor.
E agora, antes que se faça tarde, vou-te seguir e linkar no cacete,,,upsss, queria dizer no meu blogue.
A língua portuguesa é fodida.
Beijocas.
:)))

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Nada a opor quanto ao 'spanking'. Particularmente pratico, tanto ativamente como passivamente, mas de maneira 'soft'... kkkk