Páginas

sábado, 30 de abril de 2011

Degusta-me

                                                   


Degusta-me bem devagar.
Hoje quero teu carinho.
Me faz beber, te ver, dançar,
que eu tiro a roupa do teu caminho.

Grudemos os nossos corpos,
os nossos dedos descendo então.
Cabelos, pescoço, tronco,
unhas e línguas,
beijos e mãos.

A unha suave,
o arrepio.
Massagem e pele,
não dê um pio.

Quero gemidos, sorriso e tempo.
O vento leve na água a frio.
Calor crescendo dentro da pele,
vontade louca de entrar lá.

Entremos devagarinho.
Buraco negro do infinito.
Dançando em cima,
meu corpo, insisto.
E você embaixo,
crescendo o ritmo.

Acelerando,
agora é fúria,
tesão, encanto,
amor, luxúria.

Gozemos juntos,
vem, meu amor,
te quero sempre,
com muito ardor.


Mariana Valle

11 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Hummm, gostei de ler uma poesia tão gostosa como esta,...
O amor está no ar,... rs

Beijo In_Correto!

Claudinha Monteiro disse...

Belo verso...e a foto, well...

Don Juan disse...

A mão é MINHA....

Gostei da foto e do poema. Beijo

Dorei Fobofílica disse...

Nossa, Aldrey!

Que delícia de texto! Geralmente venho aqui e leio textos polêmicos, que adoro demais, adoro a forma como voce nos faz pensar e como traz a tona assuntos inusitados, mas realmente ler um texto assim neste domingo foi muito bom, não vou dizer que foi relaxante, porque na verdade foi excitante.

Beijos pra voce, excelente domingo e ótima semana!

Von disse...

Quando fores uma escritora famosa, espero que este meu zelo de vir aqui comentar, me garanta a comissãozinha de assessor, ou outro tacho qualquer que te permita repartir comigo uma módica quantia da fortuna entretanto angariada.

Adenda:
Brincadeirinha à parte, adorei o teu post.

:)))

LEO disse...

degustar é muito melhor do que comer!
Boa semana
Beijosss molhados proce!
Leo.Seximaginarium
visite www.sexicine.blogspot.com
rapidinhas quentes!

libidinis disse...

Não é que fiquei surpresa...amei o texto, muito excitante!

Bjs

Anônimo disse...

Huuuum!!!!Delícia!!!!!!

Ingrid disse...

aiai...
faz bem..

{princess kitty}龍戦士 disse...

Miauuuu!!!

Miaudelicioso...;)

Miaubeijokas =^.^=

Emoções disse...

Poetas

Ai almas dos poetas
Não as entende ninguém,
São almas de violeta
Que são poetas também.

Andam perdidas na vida,
Como estrelas no ar;
Sentem o vento gemer
Ouvem as rosas chorar!

Só quem embala no peito
Dores amargas secretas
É que em noites de luar
Pode entender os poetas.

E eu que arrasto amarguras
Que nunca arrastou ninguém
Tenho alma para sentir
A dos poetas também!