Páginas

quinta-feira, 16 de junho de 2011

TROPA DE ROSA-CHOQUE

                                                                               
Mais que coragem e virilidade, os soldados de Esparta e Tebas deveriam ser gays. Sim, os comandantes estimulavam o homossexualismo entre os combatentes. Acreditavam que um homem apaixonado, além de lutar feliz, jamais abandonaria o amante no campo de batalha. Os guerreiros do Batalhão Sagrado de Tebas eram temidos até pelo mais macho dos machões.
Gente "to bege",imaginem um Batalhão de homens fortes se amando entre si,então eram solteiros?Ou eram bi?Ou homossexual?Só sei que eles não pareciam preconceituosos,macho em cima de macho (rsrs).Eu até imaginava que antigamente tinha sim,homossexuais,mas entre os soldados achei interessante e engraçado.Mas toda essa história se for verídica,teria o maior sentido,iam se defender até o fim de suas vidas!!
Seria uma solução pra nós hoje em dia esse tipo de Batalhão?Mas o rosa choque a gente dispensa...


fontehttp://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/historia/gregos-inventores-amor-435513.shtml

Um comentário:

{princess kitty}龍戦士 disse...

Miauuuu!!!

Ahhhhh, eu como fã de cor de rosa, achei uma gracinha hahahahaha!

Miaubeijokas cor de rosa =^.^=