Páginas

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Arde Ao Peito


Uma chama voraz que arde ao peito.
Que faz pedido de um doce beijo,..
Que arde ao peito o desejo do colo quente,..
Arde no peito o sabor do amor
Da textura da pele ardente...
Esta chama voraz que arde e queima,..
Que atordoa e faz embalar..
Do agito do beijo no leito de amor..
Em beijos doces feito algodão doce,..
Dos sabores que levam a loucuras diversas,..
Da pele do beijo que faz acalma,do aquecer, forte envolvente
Do grito brado do puro glamour de explosão apaixonado,.
Mesclando os sentimentos de paixão.
Que só acalma quando chego ao sono e faz adormece,..
no colo de amor, e paixão

.
Autor:EdCruz

5 comentários:

Darukian, O Ceifador de Orgasmos disse...

Interessante...foi calmando mesmo o ardor. E se ainda tiver ardendo aí, Lesada, passa nas sombras que eu cuido de você.

Mar... disse...

Essa chama que nos faz voar com os pés no chão...e que nos deixa assim...encantados com o sol, com a chuva...
Lindo de viver...
Uma ótima semana querida e uma noite deliciosa para ti...
Bjs carinhosos...

LadySiri disse...

Lindíssimo poema...aquece a alma! E me deu uma vontaaade de beija, rs.
Ainda mais com essa música. Linda!
Beijos doces amiga.

Ayesk@ disse...

Bom-dia, Aldrey querida.
Lindo texto, lindo mesmo...me fez viajar...
Tenha uma mega terça!


Beijos doces carinhosos da ruivinha!


Ayesk@

Mr. Scarecrow disse...

Ola Mocinha Apimentada,

realmente esse é o tipo de calor e ardor que vale a pena sentir e viver... ótimo post... parabéns...

bjs

Sr. E