Páginas

sábado, 14 de maio de 2011

O ultimo TANGO EM PARIS

                                      
Acho que é um dos filmes mais polêmicos que já existiu,pelo fato de abordar um relacionamento aberto,com cenas de sexo,bem polêmicos pra época (1972),imaginem o que assustou as pessoas um filme desses?Até hoje é um filme muito comentado.


O Último Tango em Paris foi um divisor de águas, até então nenhum outro cineasta tinha ousado ir tão longe, e de forma tão emblemática, em cenas eróticas fora de um filme pornô. As cenas de sexo mostrada no filme exerceriam um influência que pode ser percebida até hoje nos filmes do “cinema de arte”, e motivariam a censura da obra em diversos países, inclusive no Brasil, que vivia os anos de chumbo da ditadura militar. Injustamente O Último Tango em Paris seria lembrado até nos dias atuais, principalmente pela cena clássica “da manteiga”, em que Marlon Brando, na pele de Paul um angustiado americano de meia-idade, sodomiza a jovem francesa Jeanne, personagem de Schneider. A bilheteria que o filme arrecadou em todo o mundo se deve em grande parte à polêmica relacionada ao erotismo da trama. A ousadia dos atores e do cineasta causou furor na ocasião.
Na trama existe a concordância entre os personagens de se manterem totalmente anônimos enquanto se entregam a uma paixão avassaladora, tal convenção exemplifica e deixa claro a opção existencialista que fazem pela negação. Ao se entregarem incondicionalmente um ao outro, da forma com que fazem, eles estão negando a religião, a sociedade, a vida convencional e principalmente a si próprios. Em um dos diálogos do filme há a explicação da diferença entre o casamento “pop” e o casamento religioso, este seria, de acordo com a personagem, caracterizado pela condição das “esposas deprimidas e reclamando” e o outro apenas pela casualidade. Questionado sobre a presença ou não do amor, a personagem resume: “amor não é pop”... É simbólica a cena em que o casal decide substituir seus nomes por grunhidos, cena esta que é cortada para o início da sequência seguinte, que mostra um diretor de cinema colhendo sons de animais em um zoológico para a montagem de um filme.


Imagina viver um relacionamento sem cobrança,sem nomes,só de entrega de amor e sexo
?
"Os dois estranhos começam uma relação de amor baseada apenas em sexo. Paul impõe as regras para a jovem e sobretudo é proibido cada um saber sobre o outro, principalmente os nomes. É como se aquele apartamento fosse um outro mundo para os dois. Eles podem ser quem eles quiserem ou desejam, fazem coisas inimagináveis abusando do sexo. A vida começa quando passam pela porta e terminam quando saem daquele apartamento. Totalmente estranhos. Conhecemos cada vez mais sobre a vida de cada um: Paul é dono de um pequeno hotel e se encontra em estado de inércia após sua esposa cometer suícidio. Jeanne está para se casar com um jovem cineasta enquanto o mesma está protagonizando um filme feito pelo namorado."


Vejo esse filme como um ato de liberdade,em que todas as pessoas pensam em fazer,em algum momento da vida,viver algo diferente do convencional.Pra muitos é uma verdadeira putaria,vi comentário em que o personagem do Marlon Brando,é chamado até de veado,por querer receber dedos no ânus.DAÍ VEM A POLÊMICA
Existe uma idéia de que a atividade de penetração anal seja igual à homossexualidade, mas as duas são coisas diferentes.A homossexualide é uma escolha de parceria para a vida, enquanto o toque prostático é pura e simplesmente mais uma possibilidade ter prazer. Essa prática é frequente em casais heterossexuais.
A estimulação feita pela introdução de dedo e ou objetos no ânus do homem pode dar prazer em função do toque da próstata.
Eai?Verdade ou mentira?


FONTES de alguns trechos
http://sublimeirrealidade.blogspot.com
http://cinegrafia.blogspot.com

11 comentários:

Gambit disse...

Há homens muito conservadores...:)

Ingrid disse...

puro preconceito! mas real no meio masculino..
garanto que os que se deixam levar sem pudores entre 4 paredes tem uma vida sexual intensa e prazeirosa..
beijos menina polêmica.. *pisc

'Lara Mello disse...

Olha, eu já asistir o filme e gostei muito.. Também acho que penetração anal, não tem nada haver com sexualidade! Sorte!

LEO disse...

humm um cuzi...é perfeito
Uma semana de muito gozo!
Bjsss
Leo.seximaginariuM

Mulheres exigentes, realizadas profissionalmente,
financeiramente, buscam relacionamento
e sexo sem compromisso.
Comente no www.seximaginarium.blogspot.com

Hospicio da tia Luh -- By Pri disse...

homens e seus tabus... adorei o post amiga.. saudades! otima semana pra vc! bjokas!

Janaína Pupo disse...

Acredita que eu não assisti?
Aff, desatualizada rsrsrs
Flor, ótima semana.
Beijos.

Lord Daniel Salem, Príncipe da deusa Nyx disse...

Oi Aldrey^^ Perdõe-me pela demora. Esses dias o blogger estava uma merda!Dando erro... eu havia perdido a ultima postagem, a qual "Anel ajustável com strass e Correntes folheadas a ouro", mas a postagem regressou. Inda bem! Pois teria que postá-la de novo.

Então Aldrey, eu sou afiliado das empresas Imagem Folheados e a empresa Cursos 24 Horas, eu divulgo os prudutos da Imagem folheados e os cursos da empresa Cursos 24 Horas no blog. Se você quiser afiliar-se, me fale, ok? Eu te passo o link do cursos 24 Horas e Imagem folheados. Você não paga nada para participar, e ainda ganha dinheiro divulgando.

Ah, caso vc não tenha conta no Pagseguro, é só me falar que te passo o link para se cadastrar. É de graça, vc não paga nada para manter a conta, é diferente dos bancos reais, que vc precisa pagar a manutenção, o Pagseguro não tem isso.

Bem^^

Beijão e volte mais vezes!

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Amiga lesada que eu adoro! Saudadessssssssssssssss!!!
Assiti há mto tempo, era ainda menina, mas a clássica cena da manteiga foi o que mais marcou. Deve ser pq eu detesto manteiga e fiquei imaginando que outro produto eu poderia usar...talvez géleia! kkkkkkkkkkkk
Passando pra deixar um beijo grande, minha linda!!!

Conde Vlad disse...

Verdade oras. O Ânus é a zona erógena com mais atividades nervosas do nosso corpo. Seja homem ou mulher. Ainda não tentei... mais, imagino que seja prazeiroso sim.

Agora, o filme já em 72 demonstrando tal atitude tem de chocar mesmo. Já trata de um assunto polêmico para a época que é o sexo descompromissado (Tão comum hoje em dia, mas ainda por trás das paredes do moral).

Interessante que para um filme de época, o assunto não é bem discutido e também de carácter crítico, anárquico e inteligente.

A década de 70 foi a época de um movimento que desencadeou a sexualidade e distribuiu tapas nas caras de moralístas, sobretudo nos Estados Unidos.

Fiquei com vontade de ver o filme, mas não para bater uma punheta com o pornô, mas para debater pontos de vistas abordados já naquela época.

Juro para tí que nesta época isso daí de dedinho no rabo era coisa de bicha. KKKKKKKKKK O filme rompeu TABUS legal.

Beijos do Conde.

rafalindelosbosques disse...

mmm...

{princess kitty}龍戦士 disse...

Miauuuu!

Assisti esse filme uma vez, há muito tempo atrás e adorei! :D

Acho que toda forma de prazer é válida desde que aja respeito pelo outro. Cada um é cada um.

Miaubeijos linda =^.^=