Páginas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Lésbica,bissexual ou curiosa?

Sabe existe muitas mulheres, e homens também que não sabem o que são,mas acho estranho ou vc é ou não é.
Muitas pessoas nascem com um sexo,é criado pra se casar com o sexo oposto,essa é regra,mas nem sempre a regra dá certo,as pessoas tem sentimentos e prazeres,que não se encaixam na sociedade.
O que fazer nessas horas?Tentar se descobrir,ver quem vc é...A gente encontra muitos  adolescentes com esse tipo de sentimento ,se é bi,lésbica ou curiosa mesmo.
Mas dá pra saber seus sentimentos,bem no fundo sabemos o que é de fato bom para nós,é deixar os sentimentos virem a tona,sem vergonha,de se assumir.Se as pessoas tem curiosidade,é porque no fundo elas se sentem atraídas.
Por exemplo,se uma mulher se sente atraída por outra,e somente por outra mulher é lésbica,mas se gosta dos 2 é bissexual mesmo,agora essa curiosidade é estranha,tem um fundo de quero ter certeza do que sou.
Experimentar,pode ser interessante para aquelas que ainda estão em dúvidas,tem gente que diz, ela ficou casada anos com um homem,agora quer uma mulher,isso se chama vergonha dos sentimentos,foi criada severamente,para que vivesse e se  sentisse uma hetero,e pronto.Mas quando uma mulher deseja ser feliz,e resolve jogar tudo para cima,ela se descobre uma outra pessoa dona de seu destino.
As pessoas sentem falta de algo no sexo ou no relacionamento,então decidem,experimentar e descobrem o que podem ser .
A coragem que vai te mostrar tua sexualidade...


Mas existe um povo louco por aí,que falam que são bi e que casam,e são lésbica...Nem elas se decidiram..
Eva Longoria,diz que curte uma guerra de aranha


Cristina Aguilera,diz que curte uma pegaxana.


 Angelina Jollie,diz que curtia mulher,hoje com aquele gato,agora sei lá..


Megan Fox,andou falando que os homens são sujos e prefere as mulheres...


Tem mais Madonna,Pink,Fergie,Kate Perry....O importante é ser feliz....

6 comentários:

amante disse...

Ola
Eu não tenho atração por mulheres, mas, tive a oportunidade de vivenciar alguns momentos íntimos com uma bi que sabia seduzir e me convenceu a experimentar, já que eu jogava algum charminho para ela porque queria me decifrar nesse campo, não evitei e fui em frente.
Então fui mais por curiosidade, sem ter nenhuma tesão por ela apesar de que era uma loira maravilhosa, carinhosa, muito caliente, super feminina e tinha um beijo delicioso.
Não consegui progresso e nem tive muito entusiasmo. Brochei mesmo rsss
Mas a nossa amizade que era um pouco distante continuou da mesma forma sem causar nenhuma diferença.
É isso ai. Foi bom porque hoje sei quem sou nesse contexto. Porém se tivesse gostado eu assumiria sem nenhum problema.
Grata pelo acompanhamento, também passarei a curtir seu espaço tão importante.

Beijos_nus

Solfejando poesia disse...

Olá, querida!
Acredito que em nossa atual configuração de cultura, há espaço para a diversidade... as certezas quanto a si mesmo em alguns apectos não são sempre asism tão fixas, rígidas, mas nem por isso deixam de ser bem resolvidas...
As pessoas hj sentem-se levadas a curtir aquilo que estiver a fim no momento... pq eu teria que ser hetero, homo, bi, tri? Quem disse isso? A sociedade? E se uma pessoa hj namora um cara... e daqui uns tempos não dá mais certo, conhece uma mulher e rola? Enfim, o que quero dizer é que não exijamos das pessoas essa certeza, pois cada um deve saber muito bem o que faz de sua vida e vai não apenas se descobrindo, mas se transformando ao longo da vida...
Sei que existem opiniões diversas diante desse fenômeno que é relativamente novo em termos de tempo histórico. Mas meu toque é só no sentido de ser mais flexível para com as múltiplas opções que uma pessoa é capaz de fazer em sua vida, sejam quais forem!

Um beijo em vc, seu blog sempre traz temas que as pessoas, nós, temos medo, receio, vergonha, constrangimento de tocar!
Muito bom seu espaço.

Com carinho da Álly.

Luis Nantes® disse...

Muito bacana seu texto ou tema sobre lésbica, bissexual e curiosa, tá? Acho em minha modesta opinião que cada umtem o direito de fazer aquilo que achar melhor e experimentar também, ok? Mas, respeitando o direito alheio...
Beijos e parabéns, viu?

^^Lena Lopez^^ disse...

Oi Audrey!
Concordo em muitas coisas que vc escreveu. A minha opinião, sobre bissexualismo e lesbianismo, vou deixar vc ler nos 2 links abaixo, pois iria ocupar muito espaço, leia qdo tiver tempo, é uma entrevista que dei para o Seximaginarium e o outro é uma página do meu blog.
BJOS
Lena

linkk 1
http://seximaginarium.blogspot.com/2010/10/talksexi-com-lena.html

link 2
http://helenatl1.blogspot.com/p/quem-sou.html

Daniele O disse...

Olá!
Amo mulheres sempre fui homo, e estou casada há 8 anos com uma mulher, amo amo amo, saí com muitas mulheres hetero, aliás casei com uma que se dizia hetero, hoje ela diz com todas as palavras sou lésbica.
Gostei do post!
Bjs
Ser Estranho Ser !

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Muito sintéticamente dir-te-ei: respeito todas as orientações sexuais... dou-me bem com todos(as).


Bjooo___incongruente